12 outubro 2009

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você

Vinícius de Moraes

2 comentários:

☆ Feitio'zinho ☆ disse...

Amei o poema ;)

Está LINDoooo*

Boa semana querida*

BeijinhO

мαŀų™® ღૐஜ disse...

Poeta do Mundo!
Eu tb não existo sem... memórias, sem amigas, sem saudade, sem a lua, sem o mar, sem lembranças de amigas como tu!

É mt bom ter estes re-encontros!

Beijokax.
Namastê!

Lourdinhas